Inseminacao artificial e a igreja

ProFlexenProFlexen ProFlexen Complexo de regeneração para juntas!

O desejo de começar uma família costuma ser usado não com a adoção de resoluções de casamento, mas também com o desejo de ter filhos, ou seja, de ampliar a família. Infelizmente, na maioria dos casos, por outras razões, isso parece ruim e o tratamento deve ser realizado ou a inseminação artificial deve ser decidida.

Existem muitas razões pelas quais os casais escolhem o método in vitro. Pode haver o mesmo, por exemplo, obstrução das trompas de falópio, problemas que causam ovulação em uma mulher ou parâmetros bastante baixos de espermatozóides masculinos. Às vezes, apesar de muitos estudos, é revelado que os médicos não são capazes de indicar a causa da infertilidade e, portanto, usam boas formas de ajuda. Quando outras formas de fertilização falham, os casais se qualificam principalmente para a cobertura artificial ou moribunda que termina fora do sistema reprodutivo feminino. Envolve a combinação, em condições de laboratório, de esperma e óvulo. Desse tipo, os casais heterossexuais geralmente têm soluções que, apesar de muitos esforços, falharam em levar à fertilização normal. Essa tecnologia ainda é controversa, mas para muitos casais que desejam ter filhos é uma solução real.

Também vale ressaltar que, ao adotar esse método, é necessário decidir se obteremos a semente de nosso amigo ou o sêmen do doador. Frequentemente, a saúde do seu parceiro exclui esse número. A primeira visita a um especialista depende de um questionário médico específico, sendo os dois parceiros responsáveis ​​por verificá-lo. Se você já teve tratamento antes, também deve trazer registros médicos completos. O médico geralmente examina uma mulher através do ultra-som e gerencia vários outros testes. No entanto, se você deseja ser examinado quanto ao sêmen, este jogo faz uma referência a um segundo especialista, por exemplo, um urologista. A próxima visita traz uma avaliação dos resultados de estudos anteriores e a escolha de um método de fertilização específico. Freqüentemente, são necessárias pesquisas adicionais, como a virologia, para as quais restam os dois parceiros. Em seguida, é realizada a preparação para a fertilização, isto é, a estimulação hormonal da mulher. O próximo passo é obter o esperma masculino e o óvulo feminino. No laboratório, especialistas conectam células com espermatozóides. Graças a isso, os embriões se tornam, que mais tarde, usando um cateter adequado, se orientam para o grupo de mulheres. Após cerca de duas semanas, você deve responder à pergunta.